sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Paramahansa Yogananda, autobiografia de um iogue

Quero celebrar desta vez o momento astrológico do planeta e assim, ofereço a leitura de um grande livro grande : Paramahansa Yogananda, autobiografia de um iogue, editora sextante.
Paramahansa Yogananda foi o primeiro gran­de mestre da Índia a viver no Ocidente durante um longo período (mais de trinta anos).
Iniciou na ioga 100.000 estudantes ‑ técnicas científicas para despertar a consciência divina do homem.
Neste livro ele explica, com clareza científica, as leis sutis mas definidas pelas quais os iogues realizam milagres e alcançam o autodomínio.
Yogananda, diplomado pela Universidade de Calcutá, escreve, com inesquecível sinceridade e incisiva agudeza.
Capítulos cheios de vida são dedicados a suas visitas ao Mahatma Gandhi, a Rabindranath Tagore, a Luther Burbank e a There­se Neumann ‑ a católica estigmatizada da Bavá­ria.
É um livro foi traduzido para doze idiomas.
Paramahansa Yogananda entrou em mahásamádhi (a derradeira vez que um iogue abandona conscientemente seu corpo) em Los An­geles, na Califórnia, em 7 de março de 1952. Semanas após haver partido, sua face inalterada brilhava com o divino esplendor da incorruptibilidade.

Independente de sua crença, este livro é um exemplo de escrita, não só pela sensibilidade de quem a escreve, como também a possibilidade de conhecer mundos aos quais não deveríamos ignorar vivendo no mesmo planeta.

Sua escrita, além da sensibilidade já citada, demonstra um humor gostoso de se ler e uma imaginação e memória surpreendentes já que ele escreve sua própria história do início, da sua infância contando suas incontáveis fugas de casa em direção ao seu sonho, o sonho que tinha em seu coração.

Não é um livro para estimular o aumento dos praticantes de yoga, apesar de nos animar um tanto, é um livro que nos estimula a lembrar de nossos sonhos que possam ter ficado escondidos em nossos corações.

Este é um exemplo a ser seguido, não necessariamente relacionado a fé, mas a Vida: permitir-se seguir os caminhos que nossos corações nos oferecem é uma grande sabedoria sem dúvida alguma.

Lendo este livro estará diante de um sábio e tanto, pois estará diante de um homem que além de inteligente usa sua inteligência com Amor em letra maiúscula.

Meu convite para a leitura deste livro passa por tudo isto e muito mais.

É literatura o que terá em suas páginas e é vida verdadeira também!

Se leio e vivo, este é um bom caminho!

Sobre o momento astrológico do dia 14/02/2009 ao qual me referi, leia mais em

www.lentasrapidasluzes.blogspot.com

no texto : Só a verdadeira liberdade...

4 comentários:

  1. Ah! Tempo!
    Nunca quis voltar em ti.
    Apenas espero que me devolvas
    os sentimentos que vivi.
    Não deixes que meu sorriso
    se perca pelo cansaço
    e que minha voz
    se cale por um fracasso.
    Não deixes que meus caminhos
    se desviem da meta
    nem que os percalços
    sejam maiores que minha força
    para que eu siga esta reta.

    Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Carmen!Interessante este livro.Um bom restinho de semana pra vc!Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Carmen, a paz de Deus entre nos! Estou visitando, parabéns por tão maravilhoso trabalho. Seu Post está magnífico gostei. Excelente. Votos de muito sucesso e muita proteção. Encontraremos-nos sempre por aqui. Estou esperando sua visita. Quero desejar um ótimo final de semana para você, amigos e familiares. Fique com Deus, muito brilho. Forte abraço.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  4. passei por aqui e gostei de tudo que vi
    muita paz hare krishna

    ResponderExcluir